quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

Seu Astral

Fico sozinho pensando em você
Vejo imagens, retratos de nós
Olho pro espelho sinto o meu coração
Ouço baixinho o som da sua voz
Dizendo pra mim que é sobrenatural
Esse amor fora do normal
Dizendo pra mim que sou o seu astral
Que esse amor que está em mim é tão real
Eu viajei no seu olhar, no teu sorriso

Nos teus segredos
Eu descobri o que é amar
Pelo toque dos seus beijos... ♫

sexta-feira, 17 de dezembro de 2010


Eu sou um enigma pra mim mesma, não sei o que sou não sei o que sinto, não sei o que tenho. Às vezes quando tento me descrever acabo me perdendo nas minhas maiores contradições... Sou apaixonada por letras, escrever, ler, ouvir, palavras, as palavras pra mim tem um valor imensurável. Considero-me inteligente pelo que sei de mim, aliás, pelo que pude descobrir. Às vezes eu gosto, às vezes não mais. Eu enjoou com facilidade, assim como me apego e não quero soltar tão facilmente. Esse sorriso estampado é um disfarce, um dos meus melhores, modéstia parte. Engano muito bem, esse sorriso esconde lágrimas secas, suspiros amedrontadores, um medo, e uma dor... É, mais ainda assim acredito, ou pelo menos me iludo de que um dia serei feliz, acordarei satisfeita, e pensarei primeiro e mim. Acredito que terei as pessoas que mais amo do meu lado, que nunca estarei sozinha e que uma tempestade nunca vai me derrubar, e mesmo que eu caia, quero ter forças pra me levantar. Sou bem curta e bem grossa: Ou amo ou não amo; Ou dói ou não dói!

sábado, 11 de dezembro de 2010

A verdade é que eu ainda sou aquela criança indefesa, que acredita em contos de fada e no feliz para sempre. A verdade é que eu nunca serei grande, serei eternamente assim, uma menina sem fim! Eu choro ouvindo músicas românticas, ainda me apaixono por um olhar, acredito em príncipes encantados, rezo pro meu anjo da guarda, faço desenhos, falo sozinha, imagino coisas impossíveis, tenho pesadelos e acordo chorando, tenho medo do escuro, adoro o colo da minha mãe... A verdade é que eu tento, eu tento ser grande. Mais é assim, serei uma menina sem fim.

sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

Endless Love

My love, there's only you in my life
The only thing that's right
My first love, you're every breath that I take
You're every step I make
And I
I want to share, all my love with you
No one else will do...
And your eyes, your eyes, your eyes
They tell me how much you care
Ooh yes, you will always be
My endless love
Two hearts, two hearts that beat as one
Our lives have just begun
Forever
I´ll hold you close in my arms
I can't resist your charms
And love, oh, love
I'll be a fool, for you,
I'm sure, you know I don't mind
Oh, you know I don't mind
'Cause you, you mean the world to me
Oh, I know / I know
I've found in you
My endless love
Oooh, and love, oh, love
I'll be that fool, for you,
I'm sure, you know I don't mind
Oh you know - I don't mind
And, YES, you'll be the only one
'Cause NO one can deny, this love I have inside
And I'll give it all to you
My love, my love, my love
My endless love ♫♫
Uma lágrima escorre de meus olhos, pulsação acelera: não, não dá mais!
E com as mãos em seu ombro, nos lábios o teu gosto, no nariz o teu cheiro, no coração a tua paixão, eu te deixo. Eu não agüento mais lutar contra mim mesma. Não agüento ter que te olhar de longe, te beijar escondido, te sentir por segundos e ter que te ver partir, assim... Sem mim! TUDO, tudo tem você em mim. Pensamento, sonho, dúvida, dor, medo, vontade, risos, lágrimas, tudo, tudo... Eu quero livrar-me disso, deixar de ser teu e ser meu. Poucos, míseros, ou talvez nenhum dos meus sentidos não te sinta tão bem, não te reconheça de longe.
Tua voz dizendo que me ama não deixa minha audição em paz. O gosto dos teus beijos em meu paladar fica e não saí! Sentir-te aqui, sentir teu cheiro em mim, não deixa meu olfato sentir mais nada! Tocar-te, te sentir, meu tato só sabe fazer isso. Os meus olhos já não enxergam nada além do teu amor. Tenho que livrar-me de ti, tenho que viver pra mim. O Que isso é? Pergunto-me a todo instante, um obcecado, louco, apaixonado... Só sei que sem isso, nem tenho mais coração. Só quero que vá, e leve meu coração com você, leve tudo... Leve! Sei que depois disso não irei mais viver.

terça-feira, 7 de dezembro de 2010

Eu queria... Como eu queria! Tirar você de mim, conseguir dormir sem te ter nos meus sonhos, acordar feliz e pensar em mim! Sei, eu cansei de te esperar! Cansei de agüentar essa dor sozinha... Cansei de ser o segundo plano, cansei de tudo, EU CANSEI! E sabe de outra coisa? Eu cansei de te amar! É, cansei... Aliás, eu não agüentei. Eu cansei de te procurar e não te achar. Cansei de ser sempre a primeira a errar. E agora, eu nem sei o que fazer, já que minha vida se resumiu em você. É eu vou sofrer, vou chorar... Eu vou me lamentar, mais vai passar! Talvez eu te esqueça por um dia, e passe mais 30 a lembrar... Talvez a dor prolongue... Os meses passem e eu ainda te ame, mais um dia isso tudo vai acabar, vai acabar eu sei que vai! Mas, enquanto essa dor não passar me contento com o pouco... O tão mísero te amar!

sábado, 4 de dezembro de 2010

quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

Onde foi parar aquele amor? Sobrevivo hoje das ruínas que ele deixou... Sua falta, seu cheiro, seu calor, atormentam-me a cada noite sem o teu amor! Que você foi tudo pra mim? Ainda existe alguma dúvida assim? A cada lágrima que dos meus olhos caem, só aumenta a falta que você me faz;
Por quê? Pra quê jurar tanto amor? Se eu era tudo isso por que me deixou? As interrogações na minha cabeça não têm fim... Muito menos a certeza de que você nasceu pra mim.

sábado, 7 de agosto de 2010


Quando eu mais precisei, você estava lá. Quando não tinha ninguém, mais do que nunca você estava lá. Quando errei, pequei, quando não te escutei, quando importância ao seu amor eu não dei, você estava lá. Não preciso de mais nada quando você está aqui, tua força me fortalece, teu amor me faz sorrir. Tua palavra me anima, é nela que solução posso encontrar. Força e misericórdia são coisas que não cansas de me dar. Ao teu lado me refaço, preciso de você aqui. Quando força pra seguir eu não tiver mais, nos braços me levarás, e sozinho nunca me deixarás. Quando olho para cruz e vejo derramado para mim todo o esse amor, me surpreendo e entendo que o que há na terra não me satisfaz, não quero felicidade passageira, amores de dois momentos quero amor eterno, vida eterna que encontro em ti. Sabes segredos de mim que jamais revelei, sabe o que quero sem eu ao menos implorar, sabe o que sinto mesmo que nunca o tenha falado, me entendes mais que qualquer outro ser, é do seu lado que quero viver.Cada dia que passa me convenço mais e mais, que amar-te é o que mais quero por todo o meu viver, vida eterna busco em ti, pra te amar sem ter fim “Minha vida é toda tua, os meus planos, os meus sonhos. De nada vale o existir se não for pra te ofertar, senhor!”

sexta-feira, 30 de julho de 2010

o tempo passa,



você vai crescendo, vai aprendendo, vai vivendo... E a cada sua vida toma um novo rumo. Quem você julgava tão importante, agora não te importa mais. Quem você teve receio de magoar, te magoou e você nem ligou. O tempo passa, e você conhece pessoas novas, cria novos laços, e forma novos traços em sua vida. O tempo passa, e você nota que amigo de verdades não vem aos montes, que você vai cativando um a um, até formar o “monte”. O tempo passa, e você percebe que a vida é feita de constantes mudanças, e querendo ou não você vai ter de se adaptar. O tempo passa, e você percebe que tudo depende única e exclusivamente de você. O tempo passa, e você pouco a pouco, vai deixando os sonhos de criança pra trás, vai pondo os pés no chão, e indo atrás... O tempo passa, e você percebe que importante mesmo é viver cada dia como se fosse o último. Afinal a vida tem muitos obstáculos, mais é você quem decidir se eles irão te derrubar.

sexta-feira, 9 de julho de 2010

fugir


Vai dizer que você nunca teve vontade de fugir? Vai dizer que você nunca sentiu vontade de simplesmente desaparecer? Que nunca quis largar tudo, deixar tudo pra trás e viver a vida do seu jeito, com suas regras, seus limites. Nunca cansou da rotina sufocante de todos os dias, das mesmas pessoas tentando te ensinar a viver. Vai dizer que nunca quis esquecer-se de dias, pessoas, momentos específicos. Sumir por alguns dias, pra ver se aquela pessoa sentia a sua falta. Nunca quis escolher um caminho, esquecer das aflições. Ruim é perceber que nem sempre tudo é como a gente quer, nem sempre dá pra fugir, esquecer, se esconder...

segunda-feira, 5 de julho de 2010

um dia


Um dia, chegamos a jurar o “para sempre” sem pensar nas conseqüências, dizemos “te amo”, “estarei sempre com você!”. Um dia chegamos a pensar que temos muitos amigos, que podemos confiar em todos, e um dia depois nos frustramos. Para sempre? Não passou de um agora. Amo-te? Às vezes, nem te adoram. Estarei sempre com você? Só se você der algo em troca. Simplesmente nos entregamos, e quando mais precisamos este alguém não está; esse alguém não é para sempre, esse alguém não te ama, e esse não estará sempre com você. Temos que aprender a viver, temos que sobreviver, palavras vão com o vento, então demonstre, mostre o para sempre com o companheirismo eterno, ame com gestos, esteja para sempre com alguém, ”para sempre” e para sempre não tem fim. Afinidades nunca são em vão, existem muitas delas guardadas em seu coração. Não registre momentos em fotografias, mais os guarde no coração, e lá não há risco de rasgar, amarelar ou de você apagar. Laços feitos com o coração mexem muito mais com a emoção.

o que é amor?



O que é amor? A palma de sua mão fica suada, seu coração acelera, e sua voz fica presa no peito? - isso não é amor, é gostar. Você não consegue manter seus olhos ou suas mãos longe dessa pessoa, estou certo? - isso não é amor, é desejo. Você está orgulhoso, ansioso para mostrá-la? - isso não é amor, é orgulho. Você gosta dela porque você sabe que ela está lá? - isso não é amor, é solidão. Você está lá porque é o que todo mundo quer? - isso não é amor, é lealdade. Você está lá porque ela te beijou, ou segurou sua mão? - isso não é amor, é insegurança. Você continua com ela por causa de suas confissões de amor, porque você não quer machucá-la? - isso não é amor, é piedade. Você continua a pertencer a ela porque vê-la faz seu coração pular? - isso não é amor, é paixão. Você perdoa os erros dela porque você se importa com ela? - isso não é amor, é amizade. Você diz pra ela todos os dias que ela é a unica pessoa em quem você pensa? - isso não é amor, é mentira. Você daria todas as suas coisas favoritas em consideração por ela? - isso não é amor, é caridade. Seu coração quebra e dói quando ela está triste? - então é amor. Os olhos dela veem seu verdadeiro coração e tocam sua alma tão profundamente que dói? - então é amor. Você continua com ela porque uma cegante, incompreensível mistura de dor e conexão puxa você pra perto e te segura lá? - então é amor. Você aceita os erros dela porque são parte de quem ela é? - então é amor. Você se sente atraído à outros, mas continua com ela fielmente e sem se arrepender? - então é amor. Você daria à ela seu coração, sua vida, sua morte?Pense nisso por um segundo.

sexta-feira, 2 de julho de 2010

BRASIL!





O futebol mexe conosco muito mais do que possamos imaginar, cada lance, cada chute, em nosso peito vem parar, uma palavra sempre se quer ouvir, sem ela não há animação, é gol, Galvão, e agüenta coração. O sonho do hexa, mais uma vez se foi... Com o coração apertado, deixamos a vitória pra depois. Difícil se conformar, uma realidade que temos que encarar. Infelizmente não foi. O hexa é só quatro anos depois. Difícil de acreditar, mais levantar a cabeça e continuar... Frustrações sempre acontecem, mais é perdendo que agente cresce, e é confiando que vamos ganhar! Bom mesmo é sempre se lembrar das cinco estrelinhas que em nosso peito está, enquanto a sexta não chegar, não deixaremos de lutar, nem de te amar. Nossa pátria amada, com derrotas e glorias para sempre iremos amar!

sábado, 26 de junho de 2010

-


E a vida? Ah, a incrível vida, de dores, sentimentos, emoções, corações... De decisões, de conclusões, de precipitações. De escolhas, de opções, de verdades sem noções. de sentimentos inexplicáveis, de dores sem ferimentos, de feridas expostas sem se ver sangue, de corações despedaçados e batendo sem ritmo, sem calculo, batendo por bater, simplesmente por causa de um alguém que nele não quer viver.
De escolhas erradas, e decisões mal tomadas. De erros que jamais irão se consertar, de verdades que jamais acharão o seu lugar. A vida nos confunde, inebria, entontece... nos faz acreditar que pra tudo existe uma razão, mais quem explica as coisas do coração? Vivemos, aprendemos, escolhemos. Nada é em vão sempre existe uma busca, sempre se procura razão. Então pra quê entender? Pra quê buscar o que talvez nunca se possa achar? Viva, porque viver ultrapassa qualquer entendimento!

sábado, 19 de junho de 2010

life!


A cada dia que passa me convenço ainda mais de que pra ser feliz não precisamos de mais ninguém, que pra amar não precisamos ser dois, e virar um só. Convenço-me de que não existem metades a serem completados, todos nascemos únicos, e completos. Não nascemos com destinos prontos, nós fazemos nosso próprio destino. Não me preocupo em entender o sentido da vida, apenas vivo-a da melhor maneira possível, errando e acertando, aprendendo e concertando. Tenho certeza de que não há nenhuma dificuldade não pode ser enfrentado, nenhum defeito é em vão. Decepção não mata, nos ensina a viver. Convenço-me de que nesta longa viagem que é a vida, só os viajantes têm fim, pois a viagem é incalculável. A vida é como rosas, cada pétala uma lembrança, cada espinho uma realidade. Todos que passarem por ela irá, de certa forma nos machucar, cabe a nós, escolher por quem sofrer! Na verdade não há tempo pra viver em vão, faça valer então! (;

sábado, 5 de junho de 2010

...




Morro de sono ao ver as oportunidades escorrendo pelos dedos, tenho muita preguiça ao ver o meio termo.. o incrível quase! Sou intensa, sou eterna, sou vibrante. Não sou quase, eu SOU! Eu gosto daquilo que é intenso, daquilo que é muito, daquilo que é consistente! Sou amante daqueles que seguem simplesmente o seu coração, sou louca por quem dá a cara a tapa, não tem medo de errar,é linda, é chata, é louca ou simplesmente estranha, eu sou! Sou sim, sou não.. não consigo entender meu próprio coração. As vezes sou viciada em gente,multidão, mais as vezes adoro ficar sozinha trancada no porão. Minha lógica é a mais sem lógica, meu coração é minha razão. Eu quero é rir até minha barriga doer, quero chorar até com cara de sapo ficar. Eu vivo pra sentir, então me faça sentir... me beije. me provoque. me desafie. Me tire do sério. Vire meu mundo do avesso. Eu só quero sentir! Sou assim.. tenho um milhão de defeitos, sou volúvel,teimosa, tenho medo e uma TPM horrível. Talvez eu nunca encontre alguém que queira me completar,mais pedaços? Quem disse que eu os tenho? quem disse que eu sou metade? Sou inteira! me amo primeiro.

eu quero!


E o que eu quero? Eu quero aquele que diga que me ama com o coração, que não tenha vergonha de segurar na minha mão. Quero aquele que recebe e dá em dobro todo o amor que dou. Quero aquele que me ama simplesmente pelo o que eu sou. Quero aquele que me ache linda quando estiver horrorosa, quero aquele que ache que sempre estou cheirosa, não pelo perfume que uso, não pelo cheiro que ele provoca, pelo aroma que EU mesma tenho, pelo cheiro que de meus poros saem. Eu quero aquele que me coloque nos braços quando eu estiver acima do peso, aquele que ame passar a mão em meus cabelos. Eu quero aquele que me ame por inteiro! Quero aquele que permaneça acordar enquanto eu dormir, quero aquele que me deixe as batidas do seu coração ouvir... eu quero aquele que não tenha vergonha de mim na frente dos amigos, aquele que conhece os meus pais, e que viaja comigo. Não quero me esconder de ninguém, quero que todos saibam que tenho alguém. Não quero me preocupar nem ter medo de perder, quero aquele que me diga: “eu amo você!” e esse príncipe não chegar? Relaxa.. eu adoro sonhar!

domingo, 30 de maio de 2010

como eu queria..


Como eu queria que o tempo, servisse realmente de lição, como eu queria que as verdades fossem ditas com o coração. Como queria, que somente por um dia você gostasse de mim, tanto quanto eu gosto de você. Queria te ver a todo momento, só pro meu coração mais forte bater. Queria te amar por inteiro, sem sentir medo de me arrepender. Queria te fazer mudar e fazer todos notarem que por mim você mudou. Queria te trazer pro meu mundo e fazer cada segundo, durar mais de um milênio, pra do seu lado a mais tempo estar. Queria que você notasse que meu dia é preto e branco sem você, basta eu te ver no começo da esquina que meu mundo mais cor começa a ter. Queria ao seu lado estar, caminhar na chuva sem medo de me molhar, andar por ai de mãos dadas com você, e ter a certeza de que é comigo que você quer viver. Como eu queria milhões de beijos te dar, poder te abraçar, conversar, rir e chorar.. se tudo isso ao teu lado for, nada temo meu amor, pois ao seu lado estou!

amar!




Mais amor, por favor! Mais amor a natureza, mais amor a beleza, ame mais o acordar, adore o poder de estar onde está! No mundo de hoje o que falta mesmo é o amor, mais é amor de verdade, um amor que não acabe, amar por amar, sem nada em troca esperar. Amar o vento que te toca, as folhas que com a brisa vão.. amar aquilo que imperfeito é, mais que perfeito aos seus olhos se tornam, amar, amar, amar.. simplesmente amar! Sem medo se magoar, sem medo de errar. Não amar pela metade, não amar com limites; amar ilimitado, sem prazo de validade, sem dia certo pra terminar. “Não ame pela beleza, pois um dia ela acaba. Não ame por admiração pois um dia você se decepciona... ame apenas, pois o tempo nunca poderá acabar com um amor sem explicação” (Madre Teresa de Calcutá) esse trecho dessa grande mulher,fala tudo! AMAR, SIMPLESMENTE AMAR!

sábado, 29 de maio de 2010

o quase!


“QUASE” por quantas vezes você esperou incessantemente por uma resposta, e quando ela realmente chegou você ouviu um “talvez sim, talvez não..” Quantas vezes você quase fez uma coisa e acabou não fazendo nada? Quantas vezes você, quase saiu, quase brincou, quase beijou, quase amou? Será que você já se deu conta de que você não fez nada disso? Quem quase saiu ficou em casa, quem quase beijou ainda não beijou, quem quase amou não amou! Ainda pior que um não severo, e um sim duvidoso é um quase doloroso! O quase é quase, nem sim nem não, apenas quase! Que confunde, que ilude, que pode destruir um coração.. Quantas vezes você “quase” disse não? Não sou de quase amores, ou quase dores; ou amo ou não amo, ou dói ou não dói.